1 de outubro de 2013

VI Ludwigfest - Festa da Família Ludwig

VI Festa da Família Ludwig 
Poço das Antas - Rio Grande do Sul - Brasil
28 a 29 de Setembro de 2013


Sábado à tarde, na Praça Municipal, 
com animação da Banda Municipal de Poço das Antas



  



  





Domingo, na SASCPA, com animação da Super Banda Hopus






=================================================

SOBRE A FESTA

(baseado no do site: www.familialudwig.com.br)

Todos os privilegiados detentores do nobre patronímio LUDWIG, familiares, amigos, 
parentes, comunidade em geral, de todas idades, foram convidados a se reunir, reencontrar, matar a saudade, conhecer, aprender e confraternizar, conhecer mais do passado, nossas origens, tradições, costumes e histórias; compreender melhor o que somos: nossa vida, nosso modo de ser, nossa cultura, crenças, nossos sonhos, o futuro de nossas gerações. 

Diferentes metrópoles, em outras províncias, já foram cenários privilegiados dos encontros da Família Ludwig. Desta vez, uma pequena cidade, em um vale fértil, de águas correntes, entre montanhas, cortado por estreitas estradas, de um povo simples, hospitaleiro, sem luxo e sem grifes famosas, mas que remetem a um novo Unsrick – Deutschland – de onde partiram nossos antepassados, Poço das Antas, esse pedacinho de chão gaúcho, colonizado por alemães, dentre esses, os Ludwig, recebeu a todos de braços abertos, num lar, numa grande família, de 28 a 29 de Setembro de 2013.



===========================================

Esta festa da família é realizada a cada dois anos.

As festas anteriores foram realizadas em:
2003, a I, foi em Feliz, RS
2005, a II, foi em Selbach, RS
2007, a III, foi em São Miguel do Oeste, SC
2009, a IV, foi em Santo Amaro da Imperatriz, SC
2011, a V, foi em Foz do Iguaçu, PR
2013, a VI, foi em Poço das Antas, RS


===========================================



O SOBRENOME LUDWIG

O sobrenome familiar Ludwig descende de um prénome. Como no caso de muitos nomes de famílias, este sobrenome tem sua origem no prénome de uma antiga parte do portador original. Se o nome se derivou do prénome do pai, assim refere-se a uma origem patronímica, e se for derivado do prénome da mãe, então refere-se a origem matronímica. Aqui o sobrenome se baseia naturalmente no prénome Ludwig, que derivou do antigo alemão "hlut" (claro, alto) e "wig" (luta, guerra). Muitos reis e santos usavam este nome: Ludwig o Piedoso, rei alemão; Ludwig o Alemão, rei alemão; e Ludwig IV, o Santo, Landgrave de Thürigen, Marido da Santa Elisabeth. Uma das primeiras menções a este nome é num desenho de um Conrad Ludewici, que morava no ano1270 em Basel. Heinrich Ludewici estava registrado em 1294 como cidadão em Hannover.
 Os nomes alemães mais antingos são encontrados muitas vezes em sua forma latina, enquanto que a expressão popular foi utilizada somente mais tarde. Por exemplo, este nome é encontrado nos manuscritos da cidade de Köln, que em 1135 foi associado, faz com que este seja um dos mais antigos sobrenomes alemães escritos. Das muitas pessoas importantes que usam este sobrenome é o professor de psicologia Carl Friedrich Ludwig (1816-1895) o mais conhecido. Foi o inventor do quimógrafo, um aparelho que registra mecanicamente movimentos rítmicos (por exemplo, pulsação). A biografia de Emil Ludwig (1881-1948) também deve ser mencionado.


=======================================


IMIGRANTES

Vendelino Ludwig e Sebila Eli Ludwig, Este Casal migrou para Guaraciaba, SC, por volta do ano de 1850.
Histórico de outras Imigrações:
 Conforme listagem adquirida através do site do Projeto Imigrantes, consta naquele banco de dados o registro de 69 imigrantes da família Ludwig, chegados no Brasil nos séculos XIX e XX, conforme abaixo:

Pedro Ludwig Senior e Margarida Ludwig (Margaretha Klein)
chegaram no Brasil em 03/03/1829 pelo Rio de Janeiro/RJ e o destino era São Leopoldo/RS; Pedro tinha 36 anos e Margarida tinha 34 anos; Pedro e Margarida vieram com seis filhos: Maria, 12 anos, Barbara, 10 anos; Pedro, 8 anos; Magdalena, 6 anos; Anna Barbara, 4 anos; e Catharina, 1 ano.

Pedro Ludwig Junior e Catharina Ludwig (Catharina Feltes):
chegaram no brasil em 03/03/1829 pelo Rio de Janeiro/RJ e o destino era São Leopoldo/RS; Pedro tinha 34 anos e Catharina tinha 32 anos; Pedro e Catharina vieram com quatro filhos: Magdalena, 11 anos; Catharina, 8 anos; Jacob, 5 anos; e Anna Maria, 3 anos.

Wilhelm Ludwig e Berta Ludwig: 
chegaram no Brasil em 16/12/1889 por Santos/SP e o destino era Campinas/SP; Wilhelm tinha 40 anos e Berta tinha 30 anos; Wilhelm e Berta vieram com cinco filhos: Antonia, 18 anos; Ida, 14 anos; Maria, 12 anos; Bertha, 7 anos; e Adele, 5 anos.

Henrich Ludwig e Barbara Ludwig:
chegaram no Brasil em 30/10/1876 pelo Rio de Janeiro/RJ e o destino era Caxias do Sul, RS. Henrich tinha 32 anos e Barbara tinha 35 anos. Henrich e Barbara viera com quatro filhos: Henrich, 12 anos; Paulina, 10 anos; Johann, 8 anos; e Amailia, 3 anos.

August Ludwig e Bertha Ludwig:
chegaram no Brasil em 06/05/1890 por Xarqueadas/RS e o destino era Barão do Triunfo/RS. August tinha 28 anos e Bertha tinha 25 anos. August e Bertha vieram com quatro filhos: Carl, 14 anos; Wilhelmine, 11 anos; Ida, 3 anos; e Anna, 6 meses.

Carl Ludwig e Bertha Ludwig:
chegaram no Brasil em 06/05/1890 por Xarqueadas/RS e o destino era Barão do Triunfo/RS. Carl tinha 35 anos e Bertha tinha 28 anos. Carl e Bertha vieram com três filhos: Franz, 8 anos; Mina, 4 anos; e Tola, 2 anos.

Carl Ludwig e Sophia Ludwig:
chegaram no Brasil em 25/03/1893 pelo Rio de Janeiro/RJ e o destino era São Paulo/SP. Carl tinha 39 anos e Sophia tinha 33 anos. Carl e Sophia vieram com cinco filhos: Karl, 10 anos; Elsa, 9 anos; Lisbeth, 4 anos; Ernest, 2 anos; e Karl II, 6 meses.

Miguel Ludwig e Christina Ludwig (Christine Pelzer):
chegaram no Brasil em 18/03/1829 pelo Rio de Janeiro/RJ e o destino era São Leopoldo/RS. Miguel tinha 56 anos e Christina tinha 49 anos. Miguel e Christina vieram com sete filhos: Guilhermina, 28 anos; Christian, 26 anos; Christina, 24 anos; Elisabeth, 22 anos; Pedro, 20 anos; Henrique, 7 anos; e Luis, 6 anos.

Ernest Ludwig e Emma Ludwig:
chegaram no Brasil em 27/05/1886 por Santos/SP e o destino era Mogymirim/SP. Ernest tinha 24 anos e Emma tinha 27 anos.

Ana Margarida Kern Ludwig:
chegou no Brasil em 09/12/1826 pelo Rio de Janeiro/RJ e o destino era São Leopoldo/RS. Ana tinha 13 anos.

Friederick Ludwig :
chegou no Brasil em 06/05/1890 por Xarqueadas/RS e o destino era Barão do Triunfo/RS. Friederick tinha 43 anos.

Anton Ludwig:
chegou no Brasil em 21/09/1876. Anton tinha 50 anos.

Frederico Ludwig:
chegou no Brasil em 25/01/1858 por Rio Grande/RS e o destino era Santa Cruz/RS.

Gustav Ludwig:
chegou no Brasil em 08/06/1886 pelo Rio de Janeiro/RJ e o destino era Porto Alegre/RS. Gustav tinha 20 anos.

João Conrad Ludwig:
chegou no Brasil em 01/08/1830 pelo Rio de Janeiro/RJ e o destino era São Leopoldo/RS. João tinha 49 anos.

Jacob Ludwig:
chegou no Brasil em 07/09/1857 pelo Rio Grande/RS e o destido era Santa Cruz/RS.

Karl Ludwig:
chegou no Brasil em 12/10/1894 pelo Rio de Janeiro/RJ e o destino era Porto Alegre/RS. Karl tinha 26 anos.

Nelson Ludwig:
chegou no Brasil em 30/10/1876 pelo Rio de Janeiro/RJ e o destino era Rio Claro/SP. Nelson tinha 22 anos.


E A MINHA FAMÍLIA, MAS QUE NÃO CONSTA EM NENHUM SITE DE IMIGRANTES:
Franz Ludwig (nascido em 1852, em Freudenthal, região da Silésia, Áustria) e Anna Sternert Ludwig, que vieram ao Brasil em 1889, entrando pelo Rio de Janeiro/Porto Alegre/Linha Saraiva (Santa Cruz do Sul);

Vieram com os Filhos: Karl, Rosa e Adolf Ludwig (nascido em 1880) que foi pai de Adalberto Ludwig (nascido em 1907), que foi pai de Günter Ludwig (1936), este meu pai.



==========================================================================

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...